Snøhetta desenha restaurante submerso no mar

Snøhetta desenha restaurante submerso no mar

04/04/2019

Situado na Noruega, este restaurante possui metade de seus 34 metros de comprimento mergulhado n’água. Projetado pelo Snøhetta, o prédio foi construído em concreto fora da água, foi içado por um barco guindaste e fixado em uma laje de concreto submersa com 18 parafusos. Para a fixação, encheram a estrutura de água para fazê-la afundar; depois de preso, a água foi drenada.

Sua carcaça é de paredes de concreto de meio metro de espessura e acomoda cerca de 40 visitantes mais 16 pessoas que trabalham no local. Diferentemente do exterior, o interior configura um ambiente tranquilo, onde os programas são fragmentados em mezaninos amarrados a escada central. No primeiro mezanino, fica acessos, o hall de entrada e os elevador e circulação de serviços. No segundo, há um bar com uma abertura vertical que enquadra a transição entre céu e mar. O último pavimento é composto pela cozinha e o salão com 12 mesas.

A cobertura inclinada com painéis revestidos de tecido colorido acompanha o desnível até o fundo do mar. Segundo os autores, trata-se de uma referência às cores do pôr do sol. Na parte mais baixa do edifício, ao lado das mesas, há uma abertura horizontal de onze metros de comprimento e 3,4 metros de altura. A janela voltada para dentro do mar conecta visualmente todos os pavimentos. Além disso, a superfície externa rugosa do concreto tende a desenvolver um recife artificial, tornando possível o estudo e armazenamento de dados do comportamento marinho através de câmeras e outras ferramentas de medição que foram instaladas por pesquisadores.

(Foto: Ivar Kvaal)

(Foto: Ivar Kvaal)

(Foto: André Martinsen)

 

(Foto: Ivar Kvaal)

 

(Foto: Ivar Kvaal)

(Foto: Ivar Kvaal)



Casa do Bomba

por Sotero Arquitetos



Studio SC

por Studio MK27



Casa de Fim de Semana

por spbr arquitetos


Newsletter