Residência em Brasília tem sua volumetria composta a partir de vazios

Residência em Brasília tem sua volumetria composta a partir de vazios

30/11/-0001

A construção projetada pelo escritório brasiliense Bloco Arquitetos foi construída em 2018, no Lago Sul em Brasília, num bairro residencial fora do Plano Piloto. Sua aparência se destaca em meio as casas vizinhas: seu volume é derivado de vazios pensados para priorizar os visuais dentro do lote, alternados com espaços construídos para permitir a entrada de luz natural nos ambientes internos.

Com três andares, térreo, primeiro andar e cobertura, a residência possui diversos pé direitos em seu interior. O escritório pensou na acomodação dos programas primeiro, depois subtraiu um total de cinco vazios principais.

O primeiro vazio incorpora um Pequizeiro pré-existente na porção frontal do terreno, esta espécie de árvore do cerrado é protegida por lei. O segundo está no centro da construção, e tem a principal função de trazer luz natural para o pátio que conecta a sala de estar e o corredor dos quartos. O terceiro vazio foi criado a partir da extenção de um dos banheiros. A entrada principal é guiada pelo quarto vazio, e o quinto, no térreo, possibilita o encaixe da piscina em uma das quinas do volume total, criando uma área sombreada para quem irá aproveitar a água nos dias ensolarados.

(Foto: Haruo Mikami)

(Foto: Haruo Mikami)

(Foto: Haruo Mikami)

(Foto: Haruo Mikami)

(Vazio central/foto: Haruo Mikami)       

 (Extensão aberta do banheiro/foto: Haruo Mikami) 

(Fachada posterior/foto: Haruo Mikami)                  

 



Studio SC

por Studio MK27



Edifício Corujas

por FGMF Arquitetos



Casa do Bomba

por Sotero Arquitetos


Newsletter