Novo pavilhão esportivo nas bordas da represa em Belo Horizonte

Novo pavilhão esportivo nas bordas da represa em Belo Horizonte

21/01/2019

O novo pavilhão esportivo do Minas Tênis Náutico Clube, projeto do escritório Horizontes Arquitetura, foi implementado como um anexo às construções existentes do clube que estão localizadas às margens da Represa da Condorna, a 32km do centro da cidade de Belo Horizonte – MG. Os novos programas foram reunidos em uma única edificação de dois volumes principais, com fluxos e acessos independentes.

Concluído em 2018, o volume leste concentra num mesmo nível as piscinas aquecidas e cobertas, quadras de squash, lanchonete, vestiários e administração. No pavimento inferior ficam os depósitos e o abrigo para barcos. No último andar está o salão de eventos, área de apoio aos eventos e terraço. O outro volume, em contrução, irá conter duas quadras para treinamento de basquete, vôlei e futsal.

O edifício é erguido por estruturas de concreto armado aparente, com lajes maciças e nervuradas para vencer os grandes vãos, como no caso do piso acima das piscinas. Já os fechamentos são compostos por treliças e placas metálicas que acompanham o desenho das coberturas e empenas inclinadas. Grandes aberturas para iluminação e ventilação natural ficam evidentes no exterior do edifício. As cores da fachada, com  tons vermelhos e alaranjados fazem referência ao minério do ferro, presente na memória cultural do Estado de Minas.

O pavilhão esportivo com suas linhas acentuadas gera uma volumetria impactante no visual da represa, mas ao mesmo tempo compõe de maneira respeitosa a relação com o entorno e a paisagem.

(Foto: Gustavo Xavier)

(Foto: Gustavo Xavier)

(Foto: Gustavo Xavier)

(Foto: Gustavo Xavier)

(Foto: Gustavo Xavier)

(Foto: Gustavo Xavier)

(Foto: Gustavo Xavier)

(Perspectiva estrutural)

(Planta térrea)

(Corte - Primeiro volume)

 



Casa do Bomba

por Sotero Arquitetos



Studio SC

por Studio MK27



Edifício Arapiraca

por Triptyque Architecture


Newsletter